Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

“Relembrar as batalhas e traçar lutas para 2018!”

Diretora de Comunicação da UNE, Nágila Maria, relembra sobre os desafios da gestão que assumiu este ano a direção da entidade

Nas nossas mãos tremulava uma bandeira por “Diretas Já”, nos nossos olhos havia brilho e futuro, e na consciência a certeza das muitas batalhas que estavam por vir. Assim começou a nossa gestão no mês de Junho de 2017. Saímos do 55° Congresso da UNE com a energia dos 10 mil estudantes de todo o país, que se reuniram na capital mineira para planejar o futuro do movimento estudantil.

Nossos 80 anos são celebrados num cenário de dificuldades e incertezas da vida política do país. O Brasil atravessa uma das suas piores crises política, econômica e institucional da sua história. Nós, estudantes, somos conclamados novamente para as trincheiras de luta em defesa da democracia e do nosso maior patrimônio que é a educação pública. A Universidade que conquistamos não pode sofrer retrocessos. Precisamos avançar!

No dia 11 de Agosto, dia do estudante e também data de aniversário da UNE, realizamos a nossa posse com um ato político e cultural por eleições “Diretas Já”, no Largo São Francisco, centro paulista. Foi o momento de lembrar daqueles que lutaram por nós e tombaram na luta. Relembramos a nossa trajetória e nos inspirarmos para os desafios do presente, afinal, o caos instaurado no nosso país ameaça os nossos sonhos, chegando a ser desalentador.

São 80 anos de trajetória, mas temos muito ainda para percorrer. E, principalmente, queremos narrar a nossa própria história! Nesse espírito realizamos o nosso 1° Encontro de Comunicação (ECOM) em parceria com o CUCA da UNE. Fizemos um debate enriquecedor no dia 22 de Setembro sobre as perspectivas e novos desafios da comunicação no movimento estudantil. Tivemos a certeza de que estamos avançando e podemos construir uma comunicação cada vez mais potente. Disputar espaço com a grande imprensa, expressar a nossa opinião e fazer valer  nossa rede colaborativa são nossas armas na luta pela democratização da mídia e a pluralidade dos meios de comunicação.

Nos dias 23 e 24 de Setembro realizamos o nosso Seminário de Gestão (2017-2019), em São Paulo, onde aprovamos um importante manifesto “Em defesa da Universidade Pública”. Este documento tem norteado as nossas intervenções e a nossa campanha “Universidade Não Se Vende, Se Defende”, que ganha repercussão nas universidades pelo Brasil. Nosso mais importante bem, a universidade pública, tem sido constantemente ameaçado desde o início do governo golpista, mas este ano a vigarice veio com mais força para vender para a sociedade que a educação pública não cabe no orçamento brasileiro. Para a UNE o caráter público da educação é inegociável!

Por isso encerramos o ano convocando os estudantes brasileiros para continuar nesta jornada em defesa da universidade com a reedição da “UNE Volante”. Não iremos medir esforços para defender o que é nosso de direito! Uma educação emancipadora é imprescindível!

Se começamos 2017 sabendo que tamanhos desafios estavam por vir, entraremos em 2018 com a certeza de que será um ano de intensa disputa da consciência do nosso povo e radicalização na luta. Precisamos apresentar perspectivas de futuro e construir um projeto de nação, que aponte saídas para a crise e coloque o país novamente nas trincheiras de desenvolvimento.

Que tenhamos um próspero 2018 que faça valer cada luta que travamos até aqui!

*Nágila Maria é estudante de psicologia da UFBA e diretora de comunicação da UNE. 

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo