Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

DIRETORIA DA UEE LIVRE-RS TOMA POSSE E QUER PASSE LIVRE E ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

A posse da União Estadual dos Estudantes do Rio Grande do Sul (UEE Livre-RS) ocorreu na noite da última terça-feira (20/08) durante a calourada do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Feevale, na própria universidade, localizada em Novo Hamburgo, cidade gaúcha há 35 Km da capital Porto Alegre. A cerimônia contou com a presença de diversos diretórios acadêmicos (DAas) e DCEs, como o da Universidade de Passo Fundo (UPF), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), da Universidade de Caxias do Sul (UCS), entre outras.

Os coordenadores que deixaram a entidade, Sandino Rafael e Álvaro Lottermann, iniciaram a posse falando de sua gestão. Logo após, a coordenadora do CUCA, Maria das Neves, argumentou sobre a importância da UEE Livre-RS na construção de uma educação de qualidade em todo Brasil.

As pautas dessa nova gestão coordenada por Ana Carolini Andres, Carlos Augusto Portela e Marcos Lazaretti são o fortalecimento das Universidades Estaduais do Rio Grande do Sul (Uergs), contra o aumento abusivo das mensalidades, mais democracia nas universidades, implementação do passe livre intermunicipal e do plano estadual de assistência estudantil. A entidade quem ainda organizar politicamente os amplos setores que têm acessado o ensino superior por meio do PROUNI, do REUNI, do ENEM/SISU, das políticas de cotas e ações afirmativas no ensino superior brasileiro.

E as ações não param por aí. Com gás renovado, os diretores planejam criar uma Comissão da Verdade, realizar o Encontro de Mulheres e o 1° Seminário de Universidade Privadas e Comunitárias do RS, além da 1ª Bienal de Cultura e Arte da UEE/Cio da Terra. Os objetivo da nova gestão também incluem a participação na 2ª Conferência Nacional de Educação do Rio Grande do Sul (CONAE/RS), a luta pela criação do Instituto Nacional de Supervisão e Avaliação do Ensino Superior (INSAES) e o incentivo e participação no Vivências e Estágios na Realidade do Sistema Único de Saúde (VER-SUS).

Para o coordenador Carlos Augusto Portela o novo cenário permite concentrar as lutas em torno da expansão pela melhoria na qualidade da educação pública no país. “A posse foi um momento de afirmar o nosso compromisso com a democracia e as lutas travadas por uma educação de qualidade”, comentou. Carlos destacou a presença das direções passadas. “Fazem parte da história da UEE Livre-RS construindo e contribuindo para chegar até este momento em que a entidade está forte e pronta para enfrentar os grandes desafios pautados pelos estudantes”, disse.

Carlos destacou ainda a presença dos coletivos do movimento estudantil que estão compondo esta nova gestão. “Vemos um amadurecimento e uma vontade incrível da parte de todos em lutar e de afirmar que seremos nós a geração do passe livre, do estatuto da juventude, do conselho estadual da juventude RS, da aprovação dos 75% dos royalties para a educação e 25% para a saúde, e dos 50% dos recursos do Fundo Social do Pré-Sal para as mesmas áreas. E é de braços dados que caminharemos frente a todas estas lutas”, pontuou.

Para a coordenadora Ana Carolini Andres, o mais importante é o momento de unificação do movimento estudantil que a UEE Livre-RS propõe-se a fazer. “Devemos colocar a entidade na luta, por uma educação livre de catracas”, acrescentou. 

UEE Livre-RS nas redes:

Blog: http://ueelivrers.blogspot.com.br/

Página no Facebook: https://www.facebook.com/UEEDrJuca

Natália Vaquelli

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo