Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Toda solidariedade às estudantes da UFPA

15/05/2015 às 16:59, por Da Redação.

Na última quinta-feira (14/5) duas estudantes da Universidade Federal do Pará (UFPA) foram covardemente agredidas durante os trâmites para eleição de delegados para o 54º Conune. Confira abaixo nota da UNE repudiando o ocorrido:

Nesta última madrugada, em determinado momento da apuração das urnas, um grupo que defendia uma das chapas veio de forma agressiva com empurrões e socos à porta da sala onde apuravam os votos a comissão eleitoral e representantes das 6 chapas que disputavam. Algumas militantes que dentro da sala estavam, foram até a porta fazer uma barricada para evitar qualquer avanço de violência no espaço, no entanto uma foi empurrada e outra levou um soco em seu rosto durante a confusão.

O ocorrido na UFPA representa a intolerância, ações anti-democráticas e machistas, tudo o que o movimento estudantil combate diariamente! A violência física e psicológica que ali ocorreu são instrumentos do sexismo para tirar as mulheres dos espaços públicos e para calar suas vozes. Não vamos aceitar isso no ME.

Viemos do maior Encontro de Mulheres Estudantes da história da UNE, que aconteceu há duas semanas, espaço da UNE auto organizado, em que mais de 1000 mulheres de todo Brasil se reuniram para discutir e propor uma sociedade livre do patriarcado e do racismo, pela visibilidade e valorização das mulheres nos espaços públicos, e repudiar toda e qualquer forma de violência contra as mulheres.

A construção do movimento estudantil é baseada na democracia, na disputa saudável, e nos pilares do combate ao machismo, racismo e lgbtfobia. Não podemos fazer embates diários ao conservadorismo e à misoginia no Brasil, e haver práticas violentas em nosso meio. O movimento estudantil deve prezar por uma cultura política libertadora e que faça uma construção comprometida com nossas pautas desde a tiragem delegados, eleição de DCE, e em todos os espaços da UNE.

Toda solidariedade às estudantes da UFPA.

Aguardamos os devidos procedimentos legais, e seguimos na luta pelo fim da violência contra as mulheres.

União Nacional dos Estudantes

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo