Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Tales de Castro – candidato a vereador pelo PT em Goiânia (GO)

13/09/2016 às 16:59, por Cristiane Tada.


Me chamo Tales de Castro, tenho trinta anos de idade, sou casado com Ana Paula, com quem tenho dois filhos, Ulísses e Benício. Sou candidato a vereador por Goiânia pela primeira vez. Participo da vida política desde os 16 anos, com uma trajetória de luta permanente pela educação, direitos sociais e pela democracia. Defendo a participação popular em todas as instâncias de poder. Mestrando em História pela PUC-Goiás, conseguimos o fim do cadastro dos inadimplentes nas universidades pagas, quando fui vice- presidente da UNE, em ação com apoio da OAB. Além disso, defendi o Reuni, programa que garantiu a maior expansão da história da Universidade Federal de Goiás. O diálogo com a população para melhorar as condições dos bairros de Goiânia é outra marca da minha trajetória, fui presidente da Associação de Moradores Sítio Recreio Caraíbas e ajudei na instalação de novos serviços públicos na região norte. Como assessor político da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT), em 2013, coordenei o diálogo com a população e associações de bairros, contribuindo na melhoria do trânsito em diversos bairros de Goiânia. Em 2014 e 2015, também coordenei, junto à população, ações de extensão e implantação de novas linhas do transporte coletivo para diversos bairros e colaborei com a implementação do corredor de ônibus e do trecho cicloviário da avenida T-7.

1) Por que você é candidato?

Acredito que é possível resgatar o sentido da política em nossa cidade, com um mandato que seja participativo, popular e transparente e que traga as minorias para o centro das políticas públicas, combatendo as opressões do machismo, a homofobia e o racismo, sobretudo, dialogando para formular políticas públicas que transformem Goiânia numa referência em qualidade de vida para tod@s!

2) Qual sua proposta para juventude?

Efetivação do Conselho de Juventude (Participativo e Plural);

Albergue Municipal da Juventude;

Equipamentos esportivos e culturais em todas as regiões;

Escola Pública Municipal de Arte e Cultura;

Internet banda larga em todos os espaços públicos;

Recuperação dos campos de futebol e construção de quadras poliesportivas cobertas na periferia.

3) Qual a sua proposta para Educação?

Cursinho Público Municipal Pré-ENEM nas sete regiões de Goiânia;
Hortas  Escolares e Comunitárias;
Valorização dos Professores;
Defender direitos conquistados – Progressão, PCS, Piso, etc;
Perspectiva Emancipatória e crítica do ensino;
Escola de Arte e Cultura Pública e Gratuita do Município;
Programa de iniciação esportiva para crianças e adolescentes – 6h semanais;
Educação Integral – Programa Criança faz Arte;
CMEIS abertos durante o período de férias – com programação especial sem prejudicar a carga horária do profissional da educação -espaços de cultura.

4) A favor ou contra o Escola sem Partido?

Sou contra. Escola sem partido é um projeto elaborado por setores conservadores que buscam limitar o aprendizado, o debate politico e uma maior compreensão das crianças e adolescentes sobre o mundo em que vivem, com clara intenção de fragilizar a organização estudantil e uma possível consciência critica. Defendo um Estado Laico e uma educação que proporcione a emancipação das pessoas e uma escola que seja criativa, democrática,  de respeito a pluralidade, de ensino crítico e emancipador.

5) Tem alguma proposta para mobilidade? Qual?

Renovação da frota com ônibus com ar condicionado;
Ampliação do número de ônibus, principalmente na periferia;
Mudança nos parâmetros de qualidade para garantir pontualidade, segurança e baixa lotação. Fortalecimento da gestão pública – CMTC – para garantir maior fiscalização das empresas e melhor capacidade no planejamento e acompanhamento das ações;
Financiamento do poder público para diminuição e estabilidade baixa do valor da tarifa – rumo ao tarifa zero;
Efetivação plena do passe livre estudantil, inclusive nas férias para garantir direito à arte, cultura e outras atividades também educativas;
Ampliação dos corredores de ônibus Ciclovia da UFG até a praça da bíblia interligando com Praça Universitária;
Reforma dos terminais do eixo Anhanguera;
Bicicletas públicas;
Defesa do plano de mobilidade urbana.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo