Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/une/public_html/site/wp-includes/post-template.php on line 284
UNE - União Nacional dos Estudantes » Retrospectiva 2017: A UNE sob nova direçãoRetrospectiva 2017: A UNE sob nova direção Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Retrospectiva 2017: A UNE sob nova direção

20/12/2017 às 16:51, por Cristiane Tada.


Primeiro semestre da UNE teve Bienal, eleição da nova diretoria da entidade e maior greve geral da história do país. Confira! 

Foi um ano de muita luta contra os desdobramentos do golpe na nossa democracia que levou Michel Temer ao poder, ano de Bienal da UNE, de eleição da nova diretoria da entidade, de comemoração de 80 anos na defesa dos estudantes brasileiros. 2017 fica para trás, não sem a gente relembrar o que marcou na nossa história para poder entrar o ano novo cheios de vigor para percorrer o Brasil com a UNE Volante.

Reunimos os destaques da UNE nessa retrospectiva. Boa leitura e bom final de ano. Nos vemos em 2018!

 10ª Bienal da UNE

No último ato da gestão 2015/2017 a UNE começou o ano a toda com a realização da sua 10ª edição da Bienal da UNE que reuniu mais de 5 mil estudantes de todo país que ocuparam o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza.

Ao longo de quatro dias, de 29 de janeiro a 01 de fevereiro, o maior festival estudantil da América Latina apresentou o que há de melhor na produção universitária brasileira, nas artes visuais, literatura, projetos de extensão, música, ciência e tecnologia, artes cênicas e audiovisual.

 

Além disso foram muitos os convidados especiais que participaram de debates, shows, apresentações. Aqui você pode conferir o papo solto que rolou com figuras como Gaby Amarantos, Zé Celso Martinez, a slammer Mel Duarte, a youtuber Tia Má, o ex-ministro da Cultura Juca Ferreira, entre muitos outros.

É hora de apertar o play e conferir o que rolou no último dia da #10BienalDaUNE. Vem com a gente!

Publiée par UNE – União Nacional dos Estudantes sur jeudi 2 février 2017

 

  
Ficou tudo registrado ainda nas edições diárias do jornal especial da 10ª Bienal da UNE “O pão”.  > Dá uma folheada aqui. 

Mulheres na rua

A pauta que unificou as mulheres em luta no 8 de março no Brasil foi pelo fim da violência machista e contra a Reforma da Previdência.

Foto: Yuri Salvador/UNE

Isso porque a violência contra elas no nosso país é uma questão de saúde pública e de sobrevivência. Em uma nação onde são registrados 13 feminicídios por dia, o ‘parabéns’ do Dia das Mulheres foi por elas se manterem vivas.

 

Foto: Amanda Macedo/UBES

 
Mulheres dos movimentos sociais e o movimento estudantil foram para as ruas com o mote “Aposentadoria Fica, Temer sai – Nós paramos pela vidas mulheres” e se posicionaram fortemente contra a Reforma da Previdência, dando início a uma resistência que garantiu que as alterações nefastas na aposentadoria dos trabalhadores não fossem aprovadas pela governo em 2017. 
 

65ª edição do Coneg da UNE

De 17 a 19 de março, mais de 500 lideranças estudantis puderam participar de debates, grupos de trabalho e discussões promovidos durante a 65ª edição do Coneg da UNE, na Faculdade Zumbi dos Palmares, em São Paulo.

O principal debate do maior encontro de DCEs do Brasil foram as reformas da Previdência e Trabalhista. Aqui dá para conferir a nossa cobertura e entrevistas com os convidados como  o ex-presidente da OAB, Cézar Britto e o diretor do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Clemente Lúcio.

65° coneg – Educação em debate

De 17 a 19 de março, mais de 500 lideranças estudantis puderam participar de debates, grupos de trabalho e discussões promovidos durante a 65ª edição do Coneg da UNE. A luta contra o retrocesso esteve no centro da pauta. https://goo.gl/vAYFRl

Publiée par UNE – União Nacional dos Estudantes sur mardi 28 mars 2017

Manifestações Fora Temer 

São Paulo foi palco da maior demonstração popular de resistência às prioridades do governo ilegítimo de Michel Temer desde que ele assumiu o cargo. No dia 15 de Março cerca de 300 mil pessoas preencheram a avenida Paulista inteira para dizer que querem defender não apenas o seu presente, mas também o seu futuro e o das próximas gerações.

 

 

O ato na capital paulista, com a presença de lideranças sindicais, movimentos sociais e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi o coroamento de um movimento de paralisações e manifestações em todas as regiões do Brasil contra as reformas propostas pelo governo federal em exercício, principalmente a reforma da Previdência – a próxima a ser votada no Congresso Nacional -, mas também contra a reforma trabalhista e a lei da terceirização.

As entidades educacionais também mostraram a sua força e mais de um milhão de professores da rede pública de ensino entraram em greve no mesmo dia. 

Greve Geral

A cara da maior greve da história do País, que superou os 35 milhões de trabalhadores de 1989, teve todas as cores e todas as idades. Em todo o Brasil o dia 28 de Abril entrou para a história.

Essa Reforma Não

Nossa mensagem para aqueles que querem destruir nosso futuro? O amanhã será como A GENTE quiser!Dia 31 de março, sexta-feira, junte-se a nós nessa luta CONTRA a DEFORMA DA PREVIDÊNCIA.#queromeaposentar #foratemer #aposentadoriafica #essareformanao

Publiée par UNE – União Nacional dos Estudantes sur jeudi 30 mars 2017

A paralisação deste dia, organizada pelas Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, com o Fórum das Centrais Sindicais, fez um cenário se repetir de Norte a Sul do país: Ônibus parados, avenidas desertas, lojas fechadas, por um lado, por outro, praças e ruas lotadas de gente, movimento, cores e bandeiras.

 

Em São Paulo 70 mil  rumaram até à casa de Michel Temer, no Alto de Pinheiros, contra as reformas que o presidente quer impor ao povo.

Já no dia 25 de abril a UNE mobilizou um Esquenta Nacional da Educação convocado pela União Nacional dos Estudantes (UNE) em universidades de todo o país. Foram mais de 70 atividades entre trancaços, aulas públicas, assembleias e debates que alertaram a população sobre os retrocessos promovidos pelo governo ilegítimo de Michel Temer.

 

55º Congresso da UNE

O 55º Congresso da UNE realizado em Belo Horizonte (MG) reuniu cerca de 15 mil estudantes, representantes de mais de 90% das universidades brasileiras de todos os Estados que elegeram a estudante de Pedagogia Marianna Dias, nova presidenta da entidade pelos próximos dois anos. Durante cinco dias estudantes de  mais de 420 caravanas realizaram debates, oficinas, atividades culturais, e uma grande passeata reunindo toda a diversidade do movimento estudantil brasileiro. Além da nova diretoria da entidade, a plenária final aprovou resoluções, ampliou a campanha pelas Diretas Já, chamou a greve geral dia 30/6.

Bateu aquela saudade do #CONUNE? Se liga aí no resumão!

Publiée par UNE – União Nacional dos Estudantes sur vendredi 23 juin 2017

A parte 2 da Retrospectiva sai na semana que vem.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo