Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Presidente em exercício da Câmara anula sessão do impeachment

09/05/2016 às 12:22, por Vinícius Mendes.

Na semana que começou com comemorações dos golpistas pelo que poderia ser o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), decidiu anular a sessão que aprovou o processo contra ela.

A decisão atendeu a solicitação da Advocacia-Geral da União (AGU), que protocolou o pedido de cancelamento da sessão no dia 17 de abril na Câmara.

Em um relato curto divulgado nas redes sociais, Maranhão argumenta que ocorreram vícios no julgamento dos deputados na votação, já que eles decidiram pelo impeachment sem ter, como base, a denúncia apresentada.

“Não poderiam os partidos políticos ter fechado questão ou firmado orientação para que os parlamentares votassem de um modo ou de outro, uma vez que, no caso, deveriam votar de acordo com suas convicções pessoais e livremente”, diz um trecho do documento.

“Não poderia a defesa da Sra. Presidente da República ter deixado de falar por último no momento da votação, como acabou ocorrendo”, argumenta outro.

Com a decisão, o Senado precisará devolver à Câmara os documentos da aprovação do impeachment na Câmara para que ele seja decidido novamente durante cinco sessões na Casa. Só então ele será votado outra vez.

Dilma estava em um evento no Palácio do Planalto, ao lado do Ministro da Educação, Aloízio Mercadante, quando soube da decisão. Ela pediu calma aos participantes, que gritavam palavras de ordem contra os golpistas assim que o fato foi comunicado. Muitos diziam: “Golpistas! Facistas! Não passarão!”.

VEJA O MOMENTO EM QUE A PLATEIA COMEMORA, COM DILMA, O CANCELAMENTO DA SESSÃO DO IMPEACHMENT:

A luta continua, minha gente. Não vai ter golpe! Vai ter luta!“, afirmou a presidenta da União Nacional dos Estudantes, Carina Vitral, após a decisão. Os movimentos sociais convocam um ato de comemoração para a tarde desta segunda-feira, no vão do MASP, na Avenida Paulista.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo