Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Posicionamento no segundo turno será tema primordial na reunião da UNE

08/10/2018 às 15:05, por Renata Bars.


Evento que reúne os 85 diretores da entidade estudantil acontece nesta sexta (12), com participação da UBES e ANPG

Um novo encontro dos oitenta e cinco diretores da UNE espalhados por universidades de todo o Brasil acontece nesta sexta-feira (12) no auditório da Apeoesp, na Praça da República, centro da capital paulista a partir das 9h. Às 14h, os diretores se encaminharão para a sede das entidades estudantis, localizada na Rua Vergueiro 2485, para em conjunto com a UBES e ANPG discutir o posicionamento da juventude neste segundo turno das eleições presidenciais.

Em vídeo publicado nas redes sociais da entidade, a presidenta Marianna Dias reafirmou a posição contrária dos estudantes ao candidato Jair Bolsonaro, do PSL.

”A UNE tem uma resolução tirada e aprovada pelos estudantes e DCEs de todo o país afirmando que entramos na campanha contra Jair Bolsonaro porque nós não queremos um Brasil marcado pelo ódio”, destacou.

Para a presidenta a mobilização da juventude será fundamental para vencer o candidato nestas eleições.

”Não podemos deixar que um candidato que defende abertamente a tortura, defende que os direitos dos trabalhadores sejam retirados, um candidato que votou em favor da PEC55 seja eleito. Por isso, vamos nos mobilizar, criar grupos de whatsapp dos estudantes, convidar os professores e funcionários das universidades. Com a juventude mobilizada vamos dizer que aqui, ditadura nunca mais”, enfatizou.

A reunião abordará também outros assuntos como a convocatória do Conselho Nacional de Entidades de Base (Coneb) e da 10ª Bienal da UNE.

Confira a programação:

9hAuditório da APEOESP – Praça da República
Pauta: 1) Informes; 2) Aprovação dos regimentos e Convocatória do CONEB/Bienal;

14h – Sede das Entidades Estudantis – Reunião unificada UNE/UBES/ANPG
Pauta: Debate de conjuntura e Posicionamento das entidades estudantis diante do segundo turno da eleição presidencial.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo