Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/une/public_html/site/wp-includes/post-template.php on line 284
UNE - União Nacional dos Estudantes » Movimento Estudantil na luta contra a Reforma da PrevidênciaMovimento Estudantil na luta contra a Reforma da Previdência Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Movimento Estudantil na luta contra a Reforma da Previdência

20/02/2018 às 16:07, por Redação.

Dia Nacional de luta contra a Reforma da Previdência
Fotos: Yuri Salvador

UNE e UBES estiveram em protesto desse dia 19 de Fevereiro

Nesta segunda-feira (19/2) trabalhadoras e trabalhadores foram para a rua em todo o Brasil protestar contra a Reforma da Previdência.

Em São Paulo, o protesto organizado pelas Frentes Povo Sem Medo e Frente Brasil Popular reuniu milhares de professores, sindicalistas e entidades do movimento social na Avenida Paulista no final da tarde.

A presidenta da UNE, Marianna Dias, ressaltou o recado que a população deu de resistência ao presidente Michel Temer se levantando em protesto contra a ameaça da Reforma até mesmo no carnaval.

Nós, jovens, precisamos também lutar em defesa da nossa aposentadoria, porque se será difícil para os trabalhadores de hoje, para um jovem de 26 anos como eu não haverá sequer uma perspectiva: teremos que trabalhar até a morte e não teremos sequer sequer o direito. Por isso a UNE se soma aos trabalhadores nesse dia em defesa da aposentadoria e contra a reforma da previdência desse presidente golpista”, destacou em sua fala.

Presidenta da UNE, Marianna Dias, fala em frente ao MASP 

O diretor de Cultura da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (UBES), Igor de Luca, também concorda que os jovens precisam estar atentos. 

A juventude é quem mais será afetada pela Reforma, é quem vai ter mais dificuldade de entrar no mercado de trabalho e poder concretamente se aposentar. Por isso o movimento estudantil, nós secundaristas que além de sofrer no futuro, também estamos sofrendo agora com o sucateamento da educação, com dificuldade de acesso do ensino técnico, precisamos estar mobilizados sempre”, ressaltou.

Votação da Reforma da Previdência

A tramitação da Reforma da Previdência está suspensa devido ao decreto de intervenção federal do Rio de Janeiro.

A legislação proíbe, durante vigência de intervenção federal, a aprovação de emendas à Constituição. A intervenção na segurança pública no Rio tem previsão de durar até 31 de dezembro. O presidente da Central Única dos Trabalhadores, Vagner Freitas, comemorou a retirada da pauta no Congresso Nacional. Para ele esta foi uma vitória dos movimentos sociais. Porém ele pediu vigilância. 

Eu não sei se ele vai votar nos próximos 15, 20 dias ou durante o ano. O que eu só sei é que se ele for votar nós vamos estar aqui de novo para parar o Brasil e impedir a votação e impor ao presidente mais uma derrota. Temos que pegar esse dia para renovar as nossas pilhas e continuar altivos no enfrentamento”, destacou o presidente da Central Única dos Trabalhadores, Vagner Freitas.

Ato em SP reuniu milhares de pessoas

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo