Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/une/public_html/site/wp-includes/post-template.php on line 284
UNE - União Nacional dos Estudantes » Luta estudantil garante a ampliação de cursos na UERGSLuta estudantil garante a ampliação de cursos na UERGS Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias


Warning: Illegal string offset 'sizes' in /home/une/public_html/site/wp-content/themes/une_2015/single-noticias.php on line 61

Warning: Illegal string offset 'title' in /home/une/public_html/site/wp-content/themes/une_2015/single-noticias.php on line 63

Últimas Notícias

Luta estudantil garante a ampliação de cursos na UERGS

03/05/2016 às 16:14, por Renata Bars.

<br />
<b>Warning</b>:  Illegal string offset 'alt' in <b>/home/une/public_html/site/wp-content/themes/une_2015/single-noticias.php</b> on line <b>127</b><br />
2

Curso de Administração Rural e Agroindustrial na unidade de Tapes foi conquistado após ocupação no campus 

A ocupação realizada de terça até o último sábado (29) pelos estudantes da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), campus de Tapes, situado a 108km da capital, obteve saldo positivo. Na tarde da segunda-feira (2), foi aprovado nos conselhos de Ensino Pesquisa e Extensão (Conepe) e Universitário (Consu) da instituição a criação do curso de Administração Rural e Agroindustrial, reivindicação principal da luta estudantil.

Durante 4 dias, cerca de 15 estudantes enfrentaram o frio abaixo de 10 graus para exigir a criação do curso. A unidade de Tapes contava até então com apenas um curso de graduação, o Bacharelado em Gestão Ambiental.

Segundo o diretor da UEE-Livre do Rio Grande do Sul, Paulo Schonhorst, que acompanhou as manifestações, o sentimento de vitória foi indescritível. ”A galera passou a semana no frio e enfrentando o desinteresse da reitoria em dialogar. Saber que nossas reivindicações foram conquistadas após isso tudo é realmente muito bom. Todos estão muito felizes”, comemorou.

uergs1

O novo curso será implantado a partir de 2017 e disponibilizará 40 vagas.

O vice-presidente do Diretório Acadêmico e um dos líderes da ocupação, Éderson Gustavo, conta que a sensação é de dever cumprido. ”Me sinto feliz por ter ajudado a fortalecer minha unidade , aliás foi para isso que os acadêmicos me elegeram representante discente, para lutar em prol dos nossos interesses”, afirmou.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo