Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Justiça derruba suspensão de ajuste das passagens da grande Recife

28/01/2016 às 12:27, por Redação com infos do Diário de Pernambuco.

Aumento de 14,42% seguirá valendo; novo protesto contra a tarifa está marcado para esta sexta-feira (29)

As passagens de ônibus da Região Metropolitana do Recife (RMR) não serão mais ajustadas. O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Frederico Neves, acatou pedido feito pelo governo do estado e derrubou a liminar que suspendia o reajuste do valor das passagens. Com isso, os valores das tarifas permanecem os que foram acertados durante a reunião do Conselho Superior de Transportes Metropolitano e aumento de 14,42% seguirá valendo.

Com o reajuste, a tarifa A subiu para R$ 2,80 e a tarifa B para R$ 3,85.

Após protestos e denúncias de irregularidades na votação do reajuste das tarifas de ônibus, o 4º Juizado Especial da Fazenda Pública tinha suspendido o aumento das passagens na última terça-feira (26).

Mas essa decisão em caráter liminar foi derrubada nesta quinta-feira (28).

O autor da ação foi estudante Márcio José da Silva Moraes, integrante da Frente de Luta e membro do CSTM, que representa os estudantes. Márcio tinha proposto a anulação da reunião por não ter tido acesso à planilha de custos requerida pelo movimento.

Mesmo após a liminar na quarta-feira (27) aconteceu o quarto ato contra o reajuste das passagens. A marcha saiu do Largo da Encruzilhada, na Zona Norte do Recife. O ato foi marcado pelo grupo Contra Tarifa Recife e será apoiado pela Frente de Luta pelo Transporte Público.

Já na sexta-feira (29) o novo protesto será puxado pela FLTP. A concentração acontecerá a partir das 7h na Praça Derby. As duas iniciativas tem agido juntos para somar forças e pressionar o governo.

Passe-livre irrestrito

Em Pernambuco apenas o estudantes secundaristas da RMR e os cotistas da Universidade de Pernambuco (UPE) tem passe-livre. Existe ainda o passe da prefeitura de Recife para estudantes do 6º ao 9º ano da rede municipal de ensino.

A luta dos estudantes além de ser contra o aumento é pelo passe estudantil irrestrito, não só em Pernambuco, mas em todos os Estados do Brasil.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo