Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/une/public_html/site/wp-includes/post-template.php on line 284
UNE - União Nacional dos Estudantes » Em assembleia, estudantes deflagram ‘Greve Geral UnB resiste’Em assembleia, estudantes deflagram ‘Greve Geral UnB resiste’ Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Em assembleia, estudantes deflagram ‘Greve Geral UnB resiste’

02/05/2018 às 14:41, por Alexandre de Melo.


Paralisação tem início nesta quarta-feira (2);  estudantes temem que com a crise financeira a partir de Agosto a universidade não consiga se manter mais

Nesta quarta-feira (02), primeiro dia de atividades da UNE Volante na Universidade de Brasília (UnB), foi realizado o debate “UnB de 68 à 2018 – 50 anos de resistência do movimento estudantil” e a assembleia dos estudantes da UnB para decidir sobre a deflagração de uma greve geral.

Diretor da UNE-DF, Vinicius Paranaguá participa de debate e da assembleia da UnB. Crédito: Bárbara Marreiros

Mediado por Leonardo Guimarães, coordenador geral da UNE Volante, o debate foi realizado por Maria Luiza Pinho Pereira, representante da ADunB  e Vinicius Paranaguá, Diretor da UNE no Distrito Federal. “A UnB foi criada por meio de luta e resistência. A Universidade fez parte de uma conquista política para termos uma instituição de ensino público no Distrito Federal. Em 1962, a UNE fez a primeira greve nacional, a chamada greve por um terço para que os estudantes pudessem participar das decisões da Universidade, além da luta pelas reformas de bases. Ou seja, a UNE está inserida no nascimento dessa instituição. Precisamos retomar aquele espírito de mobilização em tempos de crise tão profunda”, argumentou Maria Luiza.

Em seguida do debate, centenas de estudantes e representantes dos funcionários terceirizados da UnB realizaram a assembleia. Em tempo, a UnB  vive uma grave crise financeira.

 

Assembleia convocatória de greve estudantil na UnB. Crédito: Bárbara Marreiros

A  estimativa é de que o rombo de 2018 fique em R$ 92,3 milhões. Segundo a instituição, para tentar equilibrar as contas a UnB  deve cortar R$ 39,8 milhões em despesas e aumentar a receita em R$ 50,8 milhões, o que inclui remanejamento do custeio das atividades acadêmicas. Além da demissão de terceirizados, falta de investimento estrutural, há previsão do aumento da tarifa do restaurante universitário que passaria de R$2,50 para R$6,50. A Pró-Reitoria afirma que só tem recurso para pagar água e luz da instituição até Agosto e os estudantes temem que a partir deste mês a universidade não consiga se manter mais.

Após acalorado debate, os estudantes decidiram deflagrar greve geral “UnB Resiste” que será construída por meio de representação dos Centros Acadêmicos, a partir desta quarta-feira (2). A greve chega como uma nova estratégia de mobilização, já que os estudantes já haviam ocupado a reitoria da UnB por 19 dias. Veja o vídeo resumo abaixo e comente em nosso Facebook.


Notice: Uninitialized string offset: 0 in /home/une/public_html/site/wp-includes/class-wp-query.php on line 3149
Pular para o Conteúdo Pular para o Topo
Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/une/public_html/site/wp-includes/functions.php on line 3743