Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/une/public_html/site/wp-includes/post-template.php on line 284
UNE - União Nacional dos Estudantes » Governo Federal impede posse de professores na UEZO no Rio de JaneiroGoverno Federal impede posse de professores na UEZO no Rio de Janeiro Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Governo Federal impede posse de professores na UEZO no Rio de Janeiro

15/08/2018 às 19:47, por Redação.

Estudantes e professores se reuniram em frente a UEZO no último dia 13 de Agosto contra adiamento

Enquanto isso estudantes atrasam formatura por falta de docentes em vários cursos e disciplinas

A posse de uma série de concursos da Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (UEZO) foram adiadas pelo Ministério da Fazenda porque o estado do Rio de Janeiro está sobre regime de recuperação fiscal.

Seriam contratados 18 professores de concursos feitos em 2014 e 2015 e que chegaram a assinar ata de posse, mas não assumiram.

Nesta quinta-feira (16) um reunião está marcada na Secretaria de Ciência e Tecnologia para discutir os questionamentos feitos pelo governo federal ao governo estadual.

Daniel Tadeu Gomes Gonzaga é um deles que espera há 3 anos ser chamado. “É frustrante porque ser professor é o desenvolvimento da sua carreira né, que fica estagnada. Eu continuo sendo bolsista, mas estou impedido de evoluir”, contou.

Ele conta que o adiamento não tem prazo e que os professores impedidos de assumir vão aguardar e caso a posse não ocorra pretendem entrar com um mandado de segurança.

Daniel assumiria a disciplina de Química Farmacêutica no curso de Farmácia que é apenas um dos cursos que sofre com a falta de docentes na instituição.

De acordo com a estudante Taiana Borges a falta de professores na universidade não é de hoje, mas tem se agravado a cada ano.

“No meu curso de farmácia, se agravou com a saída de um professor que ensinava disciplinas essenciais para o curso. Ele já estava quebrando um galho e agora piorou. Mas tem outros cursos como engenharia que já estão precários há anos”, afirma.

Ela conta que muitos professores deixam a UEZO por falta de valorização, falta de plano de carreira e no último ano com atrasos nos salários devido a crise no Estado. “Eles saem e não entram outros”.

Com isso algumas formaturas tem atrasado e consequentemente o início da carreira profissional dos estudantes. “Tem algumas disciplinas que são intercaladas e não são ofertadas todo semestre. Espero me formar no final do ano que vem, mas não tenho garantia”, destaca.

O DCE da UEZO está sem gestão e os estudantes sem informações precisas sobre o que virá.

“Algumas questões aqui falamos que são os ‘mitos’, como o campus e agora a posse dos professores. Muitos estudantes estão desanimados”, completa Taiana.

O mito sobre o campus é a falta de estrutura da universidade que funciona no prédio da Escola Normal Sara Kubitschek, no bairro de Campo Grande, Zona Oeste da capital.


Notice: Uninitialized string offset: 0 in /home/une/public_html/site/wp-includes/class-wp-query.php on line 3149
Pular para o Conteúdo Pular para o Topo
Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/une/public_html/site/wp-includes/functions.php on line 3743