Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Gerações de coragem e uma UNE renovada para combater o retrocesso

15/07/2015 às 12:58, por Rafael Minoro, de Brasília .

Posse da nova diretoria da entidade ocorreu terça-feira, 14 de julho, na Câmara dos Deputados

Muitos dos convidados fizeram referência a uma das frases mais célebres do escritor mineiro Guimarães Rosa para saudar o público e a nova diretoria da União Nacional dos Estudantes: o que a vida quer da gente é coragem. O simbolismo da frase ganha força maior ao se constatar que naquele mesmo local, a Câmara dos Deputados, em Brasília, poucas semanas antes, os estudantes tinham sido expulsos com spray de pimenta, violência e uma palavra antagônica: covardia.

Mas não passarão, repetiriam outros tantos, de diversas cores partidárias, presentes à posse dos 85 diretores que assumem os desafios de nos próximos dois anos estarem à frente da UNE. A entidade conseguiu reunir no Congresso Nacional ampla corrente de opiniões e, perto de completar 80 anos de vida, corre à frente do seu tempo com uma jovialidade positiva para forjar o combate ao discurso do ódio, manobras golpistas e ataques aos movimentos sociais.

Entre diversas figuras importantes da política, participaram da posse da UNE o ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD); o 1º secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP), o líder do governo na Casa, José Guimarães (PT-CE) e os deputado Glauber Braga (PSB-RJ), Chico Alencar (Psol-RJ) e Chico Lopes (PCdoB-CE). UBES (veja vídeo), FUP, MST, Fora do Eixo, CUT e UBM foram algumas dos movimentos sociais presentes. Já o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, não pode comparecer mas enviou mensagem em vídeo (veja aqui).

“A escolha de realizarmos a posse aqui tem um significado, é um recado para aqueles que não gostam muito de respeitar a democracia. Essa casa é do povo. E, por isso, voltamos aqui e voltaremos quantas vezes forem necessárias para lutar pelos sonhos da juventude, defender a liberdade e usarmos a única arma que temos: nossa voz”, ressaltou a nova presidenta da UNE, Carina Vitral, estudante de economia da PUC-SP que vai dividir a responsabilidade à frente da entidade com a mineira Moara Saboia, que assume a vice-presidência, e o paraense Thiago Ferreira, na secretaria-geral.

Leia mais: Os mesmos sonhos e outras camisetas. Quem é Carina Vitral, a nova presidenta da UNE 

Para vencer essa batalha, é preciso unidade, demonstrada logo no início daquela manhã do dia 14 de julho, terça-feira, durante ato em defesa da Petrobras e da democracia realizado na Câmara. Petroleiros, trabalhadores do campo e da cidade, estudantes, professores e parlamentares se juntaram para repudiar o projeto do senador José Serra, que diminui a participação da estatal brasileira na exploração do Pré-sal, e também propostas como a que pretende mudar o regime de partilha com objetivo de abrir caminho para uma privatização da empresa.

> Veja fotos da posse 

Ao longo do dia, os estudantes permaneceram no Congresso Nacional em um corpo a corpo com deputados e senadores abrindo diálogo sobre a redução da maioridade penal. Eles distribuíram pelos corredores da casa certificados “amigo da juventude” para parlamentares que votaram contra a redução e uma carta aos demais em que pedem atenção para os pontos negativos da propostas que pode encarcerar os sonhos da juventude brasileira.

NOVOS DIRETORES TOMAM POSSE

No fim da tarde, teve início a posse da nova diretoria da União Nacional dos Estudantes, eleita no último dia 7 de junho durante a plenária final do 54º Congresso da entidade, realizado em Goiânia.

Vic Barros se despediu da presidência da UNE, pediu licença para o escritor amazonense Thiago de Melo e adaptou ao momento um de seus poemas. “É preciso que o amor seja a primeira palavra escrita nesse cerimônia”, disse, para depois completar: “Para mim, a União Nacional dos Estudantes é a maior expressão do amor que a juventude brasileira sente pelo seu país”. (foto abaixo)

Carine_vic_flores

Quatro outros ex-presidentes prestigiaram a posse. De 1963 para 2015, Aldo Arantes conservou no tempo sua verve combativa e com discurso inflamado convocou os estudantes para a luta. (foto abaixo). O senador Lindberg Farias veio de 1992 para ressaltar que são em momentos duros que a UNE cresce. Orlando Silva e Wadson Ribeiro, hoje deputados federais, lembraram os anos de enfrentamento ao neoliberalismo da década de 1990 e que agora não será diferente cara a cara com o retrocesso. Para estar vencendo, é preciso gerações de coragem.

Aldo_Arantes

Parlamentares de diversos partidos saudaram a nova diretoria da UNE que, pela primeira vez, tem uma sucessão entre mulheres e a presidência e vice serão ocupadas também por meninas. Importante a presença e o apoio das ainda poucas mulheres do parlamento. Jandira Feghali, Erika Kokay, Vanessa Graziontin, Jô Moraes, Luciana Santos, Alice Portugal e uma Benedita da Silva inflamada prestigiaram. “Junto com a UNE, quero ter a esperança de que a negrinha lá de casa, de apenas 3 anos, vai crescer tendo orgulho de ser mulher e negra nesse país. Sabendo que poderá estudar junto com os brancos nas melhores escolas. E é esse sonho que eles querem enterrar”, bradou Benedita.

> Veja vídeo da posse

O reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Roberto Leher, levou para a posse uma mensagem sobre a produção do conhecimento novo e o futuro da humanidade. “Nós temos que pensar uma outra forma civilizatória para o mundo e a universidade é essa chave. A UFRJ é uma instituição que está aberta ao tempo histórico, comprometida com a liberdade e não vamos vacilar na defesa da democracia. Temos todas as convicção que a luta estudantil continuará a iluminar nossa história”, pontuou.

A nova gestão da UNE já prepara mobilizações nacionais contra a redução da maioridade penal e os cortes na educação. No começo de agosto haverá a primeira reunião ampliada da diretoria. A UNE pretende ainda dar início às comemorações dos seus 80 anos lembrando a defesa da democracia, além de reforçar campanhas pela reforma política, democratização dos meios de comunicação e por mais assistência estudantil.

Moara_Carina_Para

Moara, Carina e Thiago Pará: a nova mesa diretora da UNE 

Leia mais: Mulher, negra e feminista: conheça a nova vice-presidenta da UNE

Leia mais: Nortista, prounista e camponês: conheça o novo secretário-geral da UNE

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo