Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Frente Brasil Popular convoca plenária contra o golpe para segunda-feira

20/04/2016 às 17:02, por Da Redação.

Evento acontece no centro da capital paulista, a partir das 18h

As cerca de 60 entidades dos movimentos sindical e social que compõem a Frente Brasil Popular em São Paulo promovem na próxima segunda-feira (25) a Plenária Contra o Golpe – A luta continua. O evento acontece a partir das 18h, na quadra do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, na Rua Tabatinguera, 192, no centro da capital paulista.

Entre as pautas estarão a análise de conjuntura e articulação para a nova fase da disputa, que ocorre agora no Senado, após a controversa sessão do último domingo (17), ocasião em que Câmara Federal aprovou a abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Coordenador da Frente Brasil Popular em São Paulo e presidente da CUT São Paulo, Douglas Izzo, afirma que a votação dos 367 deputados pró-impeachment é apenas mais uma etapa de uma longa batalha.

“Esta disputa continua no Senado. Nós nos manteremos nas ruas porque não há crime de responsabilidade, portanto, não há nada que justifique um impeachment de uma presidenta democraticamente eleita”, disse.

Para o diretor de Movimentos Sociais da UNE, Felipe Malhão, este é um momento decisivo.

”Vivemos um momento histórico com grande ascensão da direita reacionária no país, o fascismo perde a vergonha e o que está em jogo é mais do que o mandato da presidenta. Nesta conjuntura de muita resistência cresce a unidade dos movimentos sociais. Devemos aproveitar esta oportunidade para gerar uma contra-ofensiva histórica, que nos permita implementar um projeto popular mais avançado do que vimos nos últimos anos, balizado pelas reformas estruturais tão necessárias no país”, disse.

A presidenta da União Paulista dos Estudantes Secundaristas (Upes) também reforça que as organizações não ficarão de braços cruzados. “Os movimentos sociais não vão ficar parados ao ver uma presidente que não cometeu nenhum crime sofrer outro golpe por uma gangue de deputados corruptos. Vamos ampliar a mobilização que já começamos. A sociedade percebeu que não é a pauta contra corrupção e sim uma disputa de projetos”, concluiu.

Mobilização Nacional

No próximo dia 01 de maio, dia dos trabalhadores, as Frentes ”Povo Sem Medo” e ”Brasil Popular” prometem uma mobilização em todo país, com a realização de uma grande Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora.

Em nota, as ”frentes” afirmam que a luta se dará nas ruas. ”Na história na República, em vários confrontos as forças do povo e da democracia sofreram revezes, mas logo em seguida, alcançaram a vitória. O mesmo se dará agora: venceremos o golpismo nas ruas!”, diz o documento.

Mais detalhes sobre as movimentações do dia 1º de maio serão divulgados após a plenária da segunda-feira.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo