Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Extermínio da juventude negra é tema de audiência pública no MA

28/08/2015 às 17:39, por Da Redação.

Evento é parte da Semana de Enfrentamento e Combate à Violência no estado

Aconteceu na última sexta-feira (21/8), na Câmara Municipal de Santa Inês, no Maranhão, uma audiência pública promovida pela União Nacional dos Estudantes (UNE) sobre a violência e o extermínio da juventude negra.

O evento teve como objetivo debater com a juventude e população em geral do município, a situação de violência que atinge os jovens no Maranhão, de forma particular, os jovens negros.

O diretor da UNE no Maranhão, Janilson D’Limma, destacou os números da violência que atinge os jovens negros no Brasil. “Os números dizem que a cada 25 minutos morre um jovem negro pobre no Brasil, vítima da violência. São aproximadamente dois jovens negros mortos por hora, 48 mortos por dia, 335 mortos por semana, 1. 344 mortos por mês. Esse é um número igual ou maior ao de muitas guerras pelo mundo”, destacou.

O prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves,  também esteve presente e destacou o trabalho de Janilson D’Limma, que à frente da direção da UNE coloca em prática o trabalho de defesa dos interesses da classe estudantil. “É gratificante ver a luta deste jovem, filho deste município, que abdica de muita coisa para lutar em defesa dos estudantes, com esse trabalho maravilhoso”, disse Ribamar Alves.

Participaram também da audiência o gestor regional de Saúde, Marcos Correia, o promotor de Justiça, Marco Antonio Amorim; o delegado Regional, Valter Costa; além de secretários municipais e lideranças regionais.

Semana

Coordenado pela Secretaria de Estado Extraordinária de Juventude (Seejuv), a Semana de Enfrentamento e Combate à Violência e Extermínio da Juventude Negra no Maranhão, tem como tema “A Juventude negra quer viver!” tem início, na segunda-feira (31), com uma audiência pública na Assembleia Legislativa, onde parlamento estadual, Governo do Estado e sociedade, discutirão a problemática da violência, apresentando números e demais dados coletados durante as prévias da Semana.

No dia 1º ocorrerá, na Universidade Federal do Maranhão (Campus do Bacanga), um seminário com a presença de jovens de todo o Maranhão, com a presença de representantes dos poderes públicos estadual, federal e municipal. Na oportunidade, os participantes debaterão, discutirão e partilharão experiências para, a partir disso, tentar encontrar caminhos que possibilitem a redução no índice de vulnerabilidade da juventude negra no Maranhão.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo