Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Ex-diretor da UNE protesta contra o golpe e pela democracia em Nova Iorque

22/04/2016 às 19:45, por Rafael Minoro.

Rafael Pops foi vice-presidente da UNE na gestão de 2003-2005; em visita à Nova Iorque ele participou dos protestos que denunciaram para o mundo o golpe em curso no Brasil

Destaque de muitos jornais no Brasil e no mundo, o ex-vice-presidente da UNE, Rafael Pops, que esteve à frente da entidade na gestão 2003-2005, foi um dos muitos brasileiros que protestaram em Nova Iorque contra o golpe em curso no país e denunciaram os ataques que a democracia no país vem sofrendo. Recently, bestsitestoday posted free movie websites.

A presidenta da República, Dilma Rousseff, estava em Nova Iorque para participar da assinatura do Acordo de Paris, na sede da ONU, nesta sexta-feira (22). Em seu discurso, ela destacou:

“Nosso povo é um povo trabalhador e com apreço pela liberdade. Saberá, não tenho dúvida, impedir quaisquer retrocesso.”

Pops já tinha morado na cidade norte americana um tempo atrás e, nesses últimos dias, estava apenas de visita. Ele chegou em Nova Iorque na terça-feira (19/4), ficou sabendo pelas redes sociais do protesto e se incorporou aos atos na residência da missão brasileira na ONU (na quinta) e hoje na própria ONU.

“Morei em NYC um período e estava aqui em junho de 2013, durante as mobilizações conheci vários brasileiros que viviam anos aqui. Eles fizeram atos no dia 18 e 31 de março por aqui e estão bem mobilizados. Ontem e hoje foram só mais algumas das mobilizações desse grupo que mora por aqui e luta pela democracia.”, cotou com exclusividade ao site da UNE.

Sobre o clima que ele sente em Nova Iorque, diz que é o mesmo de “garra e esperança” que está se vendo no Brasil. “Seguiremos na luta em todos os espaços para impedir o golpe em curso!”, convoca.

Pops conta ainda que na quinta teve show dos artistas brasileiros Caetano Veloso e Gilberto Gil na cidade e que muita gente protestou contra o golpe. “Teve mobilização fora e dentro. Durante o show gritaram não vai ter golpe”, relata.

“Como ex-vice da UNE, o que mais me alegra é ver estudantes, sem-terra, sindicalistas, movimento cultural nas ruas numa pauta unitária. Uma mobilização com tanta adesão espontânea como nas Diretas Já!. E os estudantes brasileiros mais uma vez estão do lado certo, o lado da classe trabalhadora”, pontuou.

pops1

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo