Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

#EleNãoVaiNosCalar: UNE denuncia tentativa de censura

21/10/2018 às 13:51, por Julinho de Adelaide .


Fotos: Karla Boughoff

Jair Bolsonaro acionou a Justiça para calar a voz dos estudantes nas suas redes

Uma multidão se levantou contra o ódio e o fascismo das ideias de Jair Bolsonaro neste sábado (20) em todo o Brasil.

Em São Paulo, em meio a mais de 30 mil pessoas em uma mobilização capitaneada pelas mulheres na Avenida Paulista a presidenta da UNE, Marianna Dias, denunciou a perseguição política que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) tem feito a entidade que representa mais de 8 milhões de estudantes.

A UNE foi acionada na justiça pelo candidato do PSL por conta da campanha “Bolsonaro Não” e está solicitando ao Tribunal Superior Eleitoral que a entidade retire as postagens relacionadas a campanha do ar.

“Essa medida de Bolsonaro é porque ele não aceita que pessoas pensem diferente dele, não aceita que organizações tenham pensamentos, ele chegou a dizer que não quer jovens críticos no nosso país deve ser por isso que ele se sente coagido com a nossa campanha. Nós aprovamos essa campanha porque pra nós da UNE seu projeto fere a nossa existência. No dia da eleição no primeiro turno ele fez uma declaração dizendo que se eleito fosse ele acabaria com o ativismo no Brasil”, ressaltou.

 

Ela explica que a UNE mais dos que motivos para se posicionar. ” Quando ele tenta nos censurar ele fere o direito dos estudantes, que queremos escola e não EAD, nós que queremos estudar em universidades públicas, ele apoiou a PEC 55 que tira recursos da educação pública ”, explicou.

Junto com a UNE outros movimentos foram processados por se posicionar contra as ideias do capitão do exército.

“Já resistimos a períodos duros nesse país e continuamos a resistir ao lado das mulheres e dos trabalhadores que querem viver num país de paz. Nós não vamos recuar”, afirmou a presidenta.

A UNE não é financiada com dinheiro público

O candidato acusa a entidade de estar sendo financiada para fazer campanha contra ele. “Ele não cansa de fazer fake news, de falar coisas que não são verdades. Não existe nenhum dinheiro público financiando nenhum um tipo de campanha que a UNE venha a fazer. Quem deve explicações a cerca de dinheiro de campanha é o próprio candidato Bolsonaro que está sendo investigado por Caixa Dois”, esclareceu.

Assista ao vídeo:

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo