Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

E aí, candidato?

12/09/2018 às 14:30, por Cristiane Tada, Sara Puerta, Renata Bars e Yuri Salvador.


Checamos o Plano de Governo dos principais candidatos à presidência para saber se suas ideias e propostas estão afinadas com o que os estudantes querem da educação brasileira

Grande parte dessa geração que hoje estuda e trabalha, que divide o tempo entre xérox e o estágio foram os primeiros das suas famílias à acessarem o ensino superior, sonho tão almejado por boa parte da juventude brasileira.

Essa geração conquistou a ampliação do acesso às universidades por meio de importantes políticas de ações afirmativas e claro, anos de luta e mobilizações do movimento estudantil. Mas os números mostram que eles ainda são poucos e que independente do esforço que cada um faz todos os dias, o acesso ainda é para privilegiados.

Segundo a Organização para Cooperação do Desenvolvimento Econômico (OCDE) apenas 17% dos jovens de 25 a 34 anos brasileiros tinham ensino superior completo em 2015. A média para países desenvolvidos é 42%.

Além disso, o golpe político que colocou Michel Temer no poder, implementando uma agenda completamente diferente da eleita nas urnas, ameaça constantemente os avanços conquistados no setor e coloca em cheque o futuro de gerações de jovens, bem como sabota o desenvolvimento econômico do país.  

Nesse cenário de incertezas políticas e retrocessos para o setor educacional, a UNE, os Diretórios Centrais dos Estudantes, as Executivas de curso e as Uniões Estaduais dos Estudantes do Brasil apresentaram aos candidatos à Presidência da República e ao Congresso Nacional uma plataforma dos estudantes para as eleições de 2018. Com essa plataforma, eles mostram o compromisso com a Educação, com a Democracia e a defesa do Brasil que querem dos pleiteantes ao cargo.

A equipe de comunicação da UNE e da UEE-SP analisou o Plano de Governo dos principais candidatos à presidência para fazer um checking entre as ideias deles para a educação e a plataforma eleitoral dos estudantes.

Se seu voto é a favor da educação brasileira, a leitura é imprescindível. Confira: 

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo