Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Dois anos de #OcupaTudo

01/06/2017 às 15:06, por Cristiane Tada.


Retrospectiva da gestão 2015/2017 relembra as ocupações contra a PEC 55 em todo o Brasil

Em 2016 o secundaristas deram exemplo em todo o Brasil, com ocupações em milhares de escolas em todos os Estados da federação contra a Medida Provisória que “deforma” o Ensino Médio. As ocupações transformaram as escolas em lugar de debate político e espaço aberto para os estudantes e professores discutirem a educação que queriam.

Secundaristas na luta

Seguindo o exemplo, os universitários disseram NÃO à PEC 55 que congela os investimentos públicos em áreas sociais como Saúde e Educação pelos próximos 20 anos, ocupando o lugar que é deles por direito: a universidade. Foi a maior ocupação de ensino superior da história do movimento estudantil.

O movimento não apenas se organizou para barrar a medida brutal contra os direitos do povo brasileiro que ameaça o futuro de muitas gerações, como também por meio de debates, autogestão e mobilização comunitária cumpriram um papel fundamental de formular, metodologias possíveis para se fazer política de um outro jeito no país.

Universitários mobilizados pararam instituições de ensino com ocupações

Em Novembro de 2016 estudantes de ocupações universitárias e secundaristas de todo o Brasil se reuniram na Ocupação da UnB, na capital federal, junto com diversas entidades do movimento educacional e construiram juntos com a UNE uma grande caravana até o Senado Federal no dia 29 de novembro, em que foi votada em primeira instância a PEC 55.

Ocupa Brasília contra a PEC 55 reuniu estudantes de milhares de universidades Brasil afora

No grande dia quase 300 ônibus ocuparam a Esplanada dos Ministérios e os estudantes e trabalhadores da educação construíram um protesto genuíno com milhares de pessoas que deixou claro a posição do povo para os parlamentares. A PM agiu com truculência e o ato terminou com muito violência e pessoas feridas com bombas de gás e balas de borracha. A UNE divulgou nota contra a repressão.

PM usa força e violência contra manifestação pacífica

A despeito da vontade popular, os senadores aprovaram a PEC 55 em primeiro turno com 61 votos favoráveis e 14 contrários. Mas a luta contra a PEC nunca esmoreceu.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo