Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Dilma anuncia projeto para construir cinco universidades federais

10/05/2016 às 14:27, por Vinícius Mendes.

Documento foi enviado ao parlamento e espera aprovação dos congressistas; 30% das unidades existentes foram construídas nos governos Lula e Dilma

Cinco novas universidades federais – para se somarem às 63 existentes em todas as regiões do Brasil – podem ser construídas no país se o Congresso aprovar o projeto de lei enviado nesta terça-feira (10) por Dilma Rousseff.

O anúncio foi feito nesta segunda (9), em cerimônia no Palácio do Planalto, pela própria presidenta.

O projeto prevê a construção de unidades em Catalão e em Jataí, no Estado de Goiás; em Delta de Parnaíba, no Piauí; em Araguaiana, no Tocantins; e em Rondonópolis, no Mato Grosso.

Das 63 universidades federais brasileiras, 18 foram feitas durante os governos Lula e Dilma. Isso corresponde a quase 30% do total de faculdades federais em funcionamento hoje. Se aprovado no parlamento, o Brasil terá, portanto, 68 unidades de ensino de graduação e pós-graduação.

Dilma acredita que o projeto de novas universidades atende, principalmente, uma ideia de “interiorizar” o acesso às universidades, isto é, evitar que elas se concentrem apenas nas capitais brasileiras, como era até algum tempo atrás.

“Essas cinco universidades completam imenso esforço que fizemos para interiorizar universidades no nosso país. Isso é importante, faz parte de algo fundamental, que é democratizar o acesso à universidade pública no Brasil”, afirmou a presidenta no evento do lançamento.

OBRAS

Dilma e o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciaram também que o início de 224 obras em 38 universidades federais e outras nove reformas em institutos federais de pesquisa. Por fim, devem ser inaugurados ainda 40 campi novos para estudos e pesquisas.

Também foi assinado pela presidenta o decreto que convoca a 3ª Conferência Nacional de Educação (Conae) como parte das metas do Plano Nacional de Educação.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo