Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Debate da diretoria LGBT da UNE no FSM propõe unidade de plataformas

26/01/2016 às 19:39, por Cristiane Tada.

Evento também faz parte das mobilizações do 2º Encontro LGBT da UNE, que acontece ainda neste semestre

No dia 22 de Janeiro de 2016, dentro da programação da tenda da UNE no Fórum Mundial Temático em Porto Alegre a diretoria LGBT da UNE realizou o debate Reafirmando direitos e construindo identidades: desafios e perspectiva do púbico LGBT.

Para o diretor LGBT da UNE, Augusto Oliveira, durante a discussão ficou muito explícito que os movimentos LGBTs precisam mais do que nunca de uma aliança estratégica para o combate de retrocessos que estão pautados no Congresso Nacional, como o Estatuto da Família bem como outros temas conservadores e fundamentalistas que vem surgindo.

No encontro os participantes discutiram ainda temas como o Estado Laico, União Estável, Visibilização das mulheres lésbicas e bissexuais, como também de pessoas trans e travestis.

“O debate realizado no fórum, trouxe mais um espaço de convergência e de proposição, e diversidade que se faz mais do que nunca necessária. Os avanços dos conservadores e fundamentalistas se dão a todo os dias, e é necessário unificar os movimentos e as pautas, para uma luta mais eficiente, em prol a garantia e efetivação dos direitos LGBT já conquistados”, ressaltou.

A Presidenta da UBES Camila Lanes, fez uma saudação especial para os participantes do debate e reafirmou o compromisso da entidade secundarista na defesa de uma construção de uma nova escola, que abranja toda a diversidade, e que os e as estudantes se sintam incluídos nessa nova dinâmica, em um espaço que seja garantido a livre expressão, além de que deve ser um território livre das opressões.

Pontapé para o 2º Encontro LGBT da UNE

O debate também faz parte das mobilizações do 2º Encontro LGBT da UNE, que acontece ainda neste semestre e promete agitar a agenda dos estudantes e dos movimentos sociais LGTBs, para uma construção coletiva de plataformas políticas para que a UNE consiga mais do que nunca ser uma protagonista da luta em defesa dos cidadãos LGTBs.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo