Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

DCE UFRGS garante matrículas a estudantes cotistas

14/03/2018 às 18:52, por Renata Bars.


Greve das escolas públicas em 2017 atrasou retirada dos documentos para a matrícula 

A luta estudantil garantiu mais uma importante vitória. Nesta quarta (14) o juiz Dr. Luiz Clovis Nunes Braga deferiu liminar movida pelo DCE da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) para que os estudantes cotistas de escola pública que passaram no vestibular possam realizar a matrícula na universidade.

A greve das escolas do estado gaúcho em 2017 atrasou a retirada dos documentos devido ao prolongamento do ano letivo que terminou após a data de realização do vestibular. Com isso, muitos candidatos cotistas perderam o prazo para comprovar a conclusão do ensino médio e outros tiveram seus pedidos indeferidos pela UFRGS. A ação movida pelo DCE, no entanto, permitiu que os estudantes conseguissem efetivar a matrícula.

”Essa conquista trouxe uma alegria gigante porque também sou estudante cotista e sei o quanto é difícil conseguir passar no vestibular, entrar numa universidade. A gente lutou pelas cotas e nada mais justo do que defender a aplicação delas. Ficamos muito felizes e satisfeitos por vermos nossos colegas entrando na universidade graças a nossa política de defesa das cotas. O movimento estudantil está colhendo os frutos de suas lutas”, enfatizou a coordenadora do DCE UFRGS, Gabriela Silveira.

Confira quem pode se matricular:

       1. Quem passou no vestibular e enviou documentos provisórios de conclusão de Ensino Médio, Certificado de Conclusão ou Histórico Escolar, deve ser matriculado imediatamente.

  1. Quem passou no vestibular e terminou o Ensino Médio em data posterior ao dia 25/01 e teve recurso negado pela UFRGS, também deve ser matriculado imediatamente, desde que a conclusão do ensino médio tenha ocorrido até 05/3.

  1. Os estudantes que passaram no vestibular e comprovaram o término do ensino médio foi realizado até o dia 5 /3, através de atestado provisório de conclusão, histórico escolar ou certificado de conclusão devem ser matriculados imediatamente pela universidade.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo