Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Cearenses da UNE falam sobre a cultura de Fortaleza, palco da próxima Bienal

22/12/2016 às 15:33, por Renata Bars.


Cidade recebe a 10ª edição do festival estudantil, que acontece de 29 de janeiro a 1º de fevereiro no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Terra da luz, onde o sol impera o ano todo, capital do sorriso ou, simplesmente, Fortaleza. O importante é que em janeiro este será o palco da 10ª Bienal da UNE, a “Feira da Reinvenção” que vai ocupar um dos principais pontos turísticos da capital cearense, o Dragão do Mar. Será um encontro para  reinventar as lutas e renovar os sonhos de mais de dez mil estudantes que estarão presentes no festival de 29 de janeiro a 1º de fevereiro de 2017.

Fortaleza é capital do estado que aboliu a escravidão no país quatro anos antes da Lei Áurea, é berço de Rachel de Queiroz, José de Alencar e Clóvis Beviláqua. Terra de Fagner e Belchior com uma arte regional bastante rica, e o bom humor característico, referência em todo Brasil.

O site da UNE foi buscar junto aos diretores cearenses da entidade algumas dicas sobre sobre a cultura e os costumes locais com objetivo de trazer um pouco mais da cidade para os milhares de estudantes que estão chegando.

Para Luis Carlos Pereira, vice-presidente da UNE no Ceará e secretário de organização do DCE da Universidade Federal do Ceará (UFC), o tema da Bienal não poderia ser melhor, já que, segundo ele, dialoga perfeitamente com o povo cearense.

” Nós somos um povo inventivo, a irreverência dos cearenses não tem igual. Por isso mais do que acertado o tema da Bienal que vai se dar nessa terra de gente esperta e bonita e bem humorada”, disse.

Para ele, os que chegam em Fortaleza não podem deixar de visitar o Mercado Central e o Mercado São Sebastião e provar o delicioso caranguejo. ”Para adquirir uns artesanatos e provar uma boa comida regional”, deu a dica.

Também natural de Fortaleza, o tesoureiro da UNE, Ivo Braga, lembra que a hospitalidade é uma característica forte do povo cearense. ”É um povo de alma gentil, que encanta pelo bom humor e coração aberto”, falou.

A cidade possui 25 quilômetros de orla, com praias de beleza estonteante.

Para a 1ª diretora de direitos humanos da UNE, a fortalezense Mariana Lacerda, este é um dos pontos altos que impressionam tanto turistas quanto moradores.

”As belas praias e lugares como o Poço da Draga, os saraus e o reggae que reencantam nossos bairros, os alegres bares do Benfica, os entusiasmantes ensaios de maracatu, as intensas rodas de coco nas praças e a belas paisagens naturais da nossa cidade. Com tudo isso, não tem como não amar essa nossa amada e incrível Fortaleza”, ressaltou.

A Bienal da UNE acontecerá no Centro de Arte e Cultura Dragão do Mar, uma dos mais importantes pólos culturais do país, situado na Praia de Iracema.

Os estudantes que têm interesse em apresentar trabalhos podem se inscrever até o dia 6 de janeiro. São sete áreas: literatura, artes cênicas, audiovisual, artes visuais, projetos de extensão, música, ciência e tecnologia.

As inscrições individuais também já estão abertas. O valor de R$ 150 dará acesso a todas as atividades, além de alojamento e transporte interno em Fortaleza.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo