Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Cândido Pinto? Presente! Agora e sempre!

05/05/2015 às 17:46, por Da Redação .

Em Recife estudantes participam de homenagem ao patrono União de Estudantes Pernambucanos

Esta segunda-feira (02) a União de Estudantes Pernambucanos (UEP), Prefeitura de Recife, e a Comissão da Verdade Dom Hélder Câmara reinauguraram uma placa, na ponte da Torre, em homenagem Cândido Pinto, patrono da entidade estudantil.

Cândido Pinto de Melo tinha 21 anos de idade, estudava engenharia no Recife e era presidente da UEP, entidade cassada pela ditadura e reestruturada pelo movimento estudantil em eleições diretas. No dia 28 de abril de 1969, nas imediações da Ponte da Torre, sob a mira de uma arma, foi intimado a entrar num carro. Reagiu para salvar sua vida, mas um disparo lhe seccionou a medula e ele ficou paraplégico. Mesmo assim nunca desistiu da luta. Até sua morte precoce aos 55 anos em decorrência dos problemas de saúde, foram 33 anos de resistência política.

Na cadeira de rodas, Cândido continuou seguindo sempre à esquerda. Integrou-se ao movimento pela anistia, ingressou no Partido dos Trabalhadores, atuou no movimento dos portadores de deficiência e foi fundador da sua entidade nacional.

A atual presidenta da UEP, Melka Pinto, participou do ato que reuniu familiares do líder estudantil, estudantes, bem como políticos e parlamentares. Desde 2002 a ponte da Torre se chama Candido Pinto e nesta segunda-feira foi recolocada a placa no mesmo lugar que ele foi alvejado por balas que deixaram paraplégico. “Estou muito honrada e emocionada em participar dessa homenagem ao meu antecessor. Sua coragem e generosidade serão lembradas pra sempre. Cândido Pinto? Presente!”, afirmou.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo