Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Brasileiras dizem basta à violência contra as mulheres

02/06/2016 às 15:09, por Redação .

Atos em vários Estados do país lembram estupro a menor carioca e protestam contra políticos machistas

Esta quarta-feira (1/06) aconteceram vários atos Por Todas Elas, em solidariedade à violência hedionda sofrida pela menor carioca, estuprada por 33 homens.

No Rio de Janeiro, um dos maiores atos, reuniu mais de 50 mil mulheres que ocuparam as ruas e também se manifestaram contra os retrocessos do governo interino golpista e machista.

Elas marcharam no fim da tarde pela Cinelândia, no Centro, contra a cultura do estupro e do medo que violenta e mata as mulheres diariamente bem como garante a impunidade de seus agressores. Entoando gritos por justiça e liberdade as manifestantes levavam cartazes e realizaram intervenções e aos poucos foram ganhando mais participantes entre as pessoas voltavam do trabalho.

Veja o vídeo do Cuca da UNE do ato no Rio de Janeiro.

Em Minas Gerais, o ato reuniu cerca de 5 mil mulheres na capital mineira. O recado foi “Mexeu com uma, mexeu com todas. Tô na rua contra abusos e não tolero nem mais um estupro”.

 

BH Jornalistas LivresAto em BH/ Foto: Jornalistas Livres

Os atos também eram contra o governo golpista de Michel Temer e políticos machistas como Eduardo Cunha, Marcos Feliciano e Jair Bolsonaro.

As mulheres também rechaçam o projeto de Lei aprovado pela Câmara dos Deputados em outubro do ano passado, que dificulta o atendimento a quem sofreu violência sexual. O projeto prevê que a vítima de estupro deve ser obrigada a fazer um exame de corpo de delito para que seja autorizada a interromper a gravidez.

Em Florianópolis (SC) a manifestação também reuniu milhares de mulheres de todas as idades e iniciou em frente a Ocupação no MinC, no Centro da capital catarinense.

Em Natal (RN) a manifestação também se juntou à ocupação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Ao fim do ato as manifestantes realizaram uma plenária para discutir a importância da mobilização das mulheres para construir uma sociedade livre de violência.

natal

Manifestação em Natal/ Foto: Tribuna do Norte

Manifestações aconteceram ainda em Aracajú (SE), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Brasília (DF), Maringá (PR), Limeira, Campinas e Bauru (SP) Bertioga (RJ).

 

Leia como foi o ato na capital paulista aqui.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo