Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

Bolsonaro é alvo de protestos na Assembleia Legislativa Gaúcha

26/01/2016 às 18:47, por com informações da Rede Sul21 l Fotos: Guilherme Santos.

Estudantes promoveram um purpurinaço e beijaço na passagem do parlamentar no Rio Grande do Sul

Diversos coletivos ligados à causa LGBT, movimentos de mulheres e de defesa dos direitos humanos, realizaram nesta terça-feira (26) manifestações pacíficas contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) – que constantemente incita a homofobia e a misoginia, entre outras violências – na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

O parlamentar foi convidado a participar de uma audiência pública na Casa.

Após um protesto pacífico realizado em frente à Assembleia, um grupo com mais de cem jovens, entre eles vários estudantes da UNE promoveram um “beijaço” durante a audiência aos gritos de “beijo homem, beijo mulher, tenho direito de beijar quem eu quiser”, bem como “ a nossa luta é todo dia, contra o racismo e a homofobia”.

Depois do “beijaço” os manifestantes foram agredidos por militantes pró-Bolsonaro. O tumulto atingiu também jornalistas que cobriam a manifestação e que acabaram agredidos por apoiadores do parlamentar. Seguranças da Assembleia entraram em ação e expulsaram os manifestantes. As informações são do site Sul 21.

Purpurina nele!

O deputado foi recebido na Assembleia por seus apoiadores que cantaram o hino do Rio Grande do Sul e gritaram palavras de ordem contra o PT, os direitos humanos e a esquerda em geral. Bolsonaro passou a manhã concedendo entrevistas à imprensa de Porto Alegre, repetindo seus bordões contra gays e comunistas.

Durante seu atendimento à imprensa ele foi alvo de uma “chuva” de glitter cor de rosa ao som de gritos de “homofóbico” e “fascista” de integrantes do Levante Popular da Juventude.  A ação lembrou o dia 29 de Janeiro dedicado à luta pela visibilidade trans.

Assista ao vídeo:

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo