Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Últimas Notícias

2ª Mostra Ambiental do Recife – MARE começa nesta segunda

10/03/2016 às 16:17, por Redação.

De 14 a 19 de março dois longas e 34 curtas-metragens serão exibidos no Cinema São Luiz, Jardim Botânico, UFPE, Estação do Recife, Teatro do Parque e Recife Antigo; saraus, debates e atividades culturais completam a programação, que tem como tema a mobilidade

A 2ª Mostra Ambiental do Recife – MARE lança nesta quarta (9) a programação completa. Com foco na mobilidade urbana, o evento acontece entre 14 e 19 de março no Cinema São Luiz, Teatro do Parque, Jardim Botânico, UFPE, Estação Central do Recife e Recife Antigo, com diversas atividades. História, cultura, meio ambiente e cidadania formam esta 2ª edição, que propõe uma ruptura no cotidiano apressado da cidade tendo como contraponto a exibição de filmes, saraus, debates e atividades relacionadas à Hora do Planeta. A arte oficial do evento é do artista plástico Romero de Andrade Lima. Composta por dois longas e 34 curtas-metragens, a curadoria é do crítico e pesquisador André Dib.

De acordo com o produtor Rafael Buda, coordenador ao lado de Tiago Delácio, a segunda edição da MARE pretende questionar o dia a dia do recifense e da região metropolitana. ”A proposta é realizar intervenções ambientais que dialoguem com a cidade em ritmo contínuo. Estaremos em vários locais da cidade, criando uma relação direta com a população”.

Dois longas abrem a MARE no Cinema São Luiz: o documentário sueco “BikesvsCars”de Fredrik Gerten e a produção pernambucana “Índios Zoró – antes, agora e depois?”, do realizador baiano Luiz Paulino dos Santos. Inédito no Recife, o filme estreou em janeiro no Festival de Tiradentes, com ótima repercussão. Após a sessão haverá debate com Vincent Carelli (Vídeo nas Aldeias), Tiago Melo (produtor do longa) e Luiz Paulino, 83 anos, ele próprio um patrimônio do cinema brasileiro, tendo sido um dos roteiristas do seminal “Barravento” (1961), de Glauber Rocha.

Por sua vez, “BikevsCarros” teve première internacional em março de 2015 e está pautando discussões em vários países. Entre os participantes do filme está a arquiteta e urbanista brasileira Raquel Rolnik e a jornalista Aline Cavalcante (blog Vá de Bike). A sessão no Recife será na segunda (14) às 17h, no Cinema São Luiz, com mobilização da Associação Metropolitana de Ciclistas do Grande Recife, Ecobike e Pedala Olinda, que com a MARE irão instalar um bicicletário para melhor receber o público no Cinema São Luiz.

A programação conta com 34 curtas-metragens, cinco deles inéditos no Recife. Na terça (15), o Jardim Botânico recebe um dois programas voltados para crianças. Na quinta (17) e sexta (18), a Estação Central do Recife sedia dois programas para entreter e refletir sobre mobilidade urbana, com destaque para novos títulos da série É por aí, do coletivo Jacaré Vídeo.

Mobilidade – O tema principal desta edição terá espaço privilegiado na programação da quarta (16), na área externa do Centro de Artes e Comunicação / UFPE, com sarau ambiental, exibição de filmes e debate “A cidade que queremos: os desafios da mobilidade urbana”. Participam Cida Pedrosa (Secretária de Meio Ambiente da Prefeitura do Recife), o arquiteto Luiz Carvalho (InCiti – Pesquisa e Inovação para as Cidades / Parque Capibaribe), Ricardo Rogo (Ecobike) e Pedro Paes Barreto dos Santos (Ameciclo).

Saraus – O sarau do dia 16 será com o trio de poetas Gleison Nascimento, Luna Vitrolira e Thiago Martins, que “performiza” poemas autorais e de escritores consagrados no corpo, na música e na voz, para brindar a cidade, refletir sobre o caos e as mazelas urbanas e evocar a sustentabilidade. No dia 17, na Estação Central, o sarau será sobre o poema de Manoel de Barros, Pássaro de Barros, com Adélia Oliveira, Rafael Ferraz e os músicos Serafim Neto e Idaiane dos Santos. A performance traz reflexões sobre desvios e aprendizados na natureza humana. No dia 18, a Estação Recife recebe Mariane Bigio, Susana Morais e os músicos Diego Gibran e Milla Bigio. Os estilos de Mariane e Susana convergem para a Literatura de Cordel, mas também para a versatilidade do verso livre, neoconcreto e da canção. No repertório, reflexões e críticas sociais sobre o Recife, o Capibaribe, a vida citadina, o meio ambiente.

CineRuaPE – Em parceria com a MARE, o Cineclube CineRua preparou programa especial com quatro curtas que dialogam com o tema da mostra, dois deles inéditos no estado. O Cineclube CineRua é a primeira ação continuada do movimento #CineRuaPE, fundado em novembro de 2015 no ensejo de reunir esforços, promover atividades, estratégias e a conscientização da importância de se preservar os poucos cinemas de rua que restam no Estado. A sessão será na terça (15), às 18h30 em frente ao Cineteatro do Parque, na Rua do Hospício, seguida de debate com os realizadores Petrônio Lorena e Antônio Carrilho.

Hora do Planeta – No sábado (19), a MARE participa da Hora do Planeta, ato simbólico organizado pela World Wildlife Fund (WWF) que busca alertar as pessoas do mundo sobre a importância de proteger o planeta contra os impactos ambientais. Às 18h haverá sessão especial cineclubista no Inciti (Rua do Bom Jesus, 191 – Recife Antigo), seguida pela Hora do Planeta, com Pedalada Sustentável e exibição de curtas, entre eles o resultado das oficinas de sensibilização ambiental e animação stop-motion, respectivamente ministradas por Daniele Carvalho e Bruno Cabús. “Será um dia muito especial, momento mundial para repensar o uso da energia em nossa cidade. É a contribuição da MARE para que possamos pensar uma cidade melhor”,diz Rafael Buda.

A MARE é uma realização Asaga Audiovisual e conta com produção da Bonsucesso Comunicação e Cultura, incentivo do Fundo Municipal de Meio Ambiente do Recife e apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife. “A MARE vai proporcionar para as pessoas um momento de reflexão e debate sobre a importância de construir rumos mais sustentáveis para a cidade. E nesse contexto, é fundamental discutir a mobilidade urbana sobre uma nova ótica, que estimule o uso de transporte alternativo, como bicicleta”, diz a secretária de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife, Cida Pedrosa, lembrando que o setor de transporte é responsável por 65% das emissões de Gases do Efeito Estufa na capital pernambucana.

Confira a programação completa aqui.

Serviço

2ª MARE – Mostra Ambiental do Recife

Quando: de 14 a 19 de março

Onde: Cinema São Luiz, Jardim Botânico, UFPE, Estação do Recife, Teatro do Parque e Recife Antigo

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo