Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

Notícias

Cultura dentro do Bolso

geraldoCDDB

A nossa dica comentada de hoje traz o autor do hino de protesto de toda uma geração contra a Ditadura, o cantor Geraldo Vandré

O dia mais esperado da semana chegou e com ele nossa coluna descolada. Hoje o destaque estão nos festivais culturais que estão rolando em todo o país, com milhares de atrações a precinhos camaradas, quando não tudo aberto, de graça, na praça, como a gente adora. E a nossa dica comentada de hoje traz o autor do hino de protesto de toda uma geração contra a Ditadura, o cantor Geraldo Vandré. Aproveita nossas dicas e se joga no final de semana!

Boa Vista – RR

O que? Comemoração do Dia do Rock com uma verdadeira maratona musical com duração de 10h. Ao todo, 33 bandas sobem ao palco como Rotação Perfeita, Bluts, Dória, Jhonny Manero, Rota 67, Veludo Branco e muitas outras.

Quando? Dia 18/7 a partir das 11h.

Onde?  Praça do Mirandinha, localizada no bairro Caçari, na zona Leste de Boa vista.

Quanto? Entrada gratuita.

Garanhuns – PE

O que?  “Festival de Inverno de Garanhuns”, FIG, reúne em 15 polos da cidade a 230 km do Recife muita música, cinema, artes cênicas, cultura popular e todas as outras formas de expressão artística brasileira.  Uma loucura de tantas atrações. Apenas no sábado sobem ao palco principal Hercinho, Eddie, Orquestra Contemporânea de Olinda e Lenine.

Quando? Dia 19/7 a partir das 22h. O Festival vai até dia 25/7. Veja a programação completa aqui

Onde? Praça Cultural Mestre Dominguinhos (Avenida Afonso Pena, Snº)

Quanto? Entrada gratuita.

Vitória – ES

O que? Exibição do filme “A Nação que não esperou por Deus”, de Lucia Murat e Rodrigo Hinrichsen, que retrata a tribo indígena Kadiwéu ao longo de 15 anos. A estreia será às 18h30 e logo depois haverá um debate com o professor do departamento de Ciências Sociais da Ufes, Sandro Silva, e o antropólogo Matheus Costa.

Quando? Sexta, sábado, domingo, segunda, terça e quarta-feira, às 18h30.

Onde? Cine Metrópolis (Campus Universitário, Avenida Fernando Ferrari, 514)

Quanto?  R$ 10 (inteira) R$ 5 (meia). Estudantes da Ufes têm entrada gratuita mediante a apresentação da carteirinha estudantil.

Ouro Preto – MG

O que? Peça “Amores e dores no país das flores”  última apresentação do Grupo Residência quase encerrando o Festival de Inverno 2015 da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). O espetáculo narra as desventuras de amor, poder e dinheiro de sete personagens inspirados nos caracteres clássicos da Commedia dell’Arte: Hortelino ama Tiadorim, que ama Romeu, que é amado por Hérmia que é amada por Juvenal que é cúmplice dos planos de Décio para roubar o dinheiro de seu patrão, Joaquim José da Silva Xavier, que ama seu dinheiro que misteriosamente sumiu.

Quando? Dia 19 a partir das 16h.

Onde? Praça Tiradentes.

Quanto? Entrada gratuita.

Londrina – PR

O que?  35ª edição do Festival de Música de Londrina (FML) traz  parcerias inéditas e apresentações para todos os gostos. Neste domingo tem All That Jazz and Co para quem gosta de jazz e para quem não gosta, porque acima de qualquer preferência musical, está a competência e a criatividade dos músicos convidados, “feras” reconhecidas nacionalmente.

Quando? Dia 19 às 20h30. O Festival vai até dia 25 de julho. Confira toda a programação aqui

Onde? Teatro Crystal Palace Hotel – Rua Quintino Bocaiúva, 15

Quanto? R$20, R$10.

Dica comentada por Yuri Salvador

Essa é pra chorar

Terceiro disco dos 6 que o paraibano Geraldo Vandré gravou, 5  Anos da Canção (1965) é um dos mais belos registros musicais brasileiros, que precedeu um período conturbado da carreira do músico.

Três anos mais tarde Vandré compôs seu mais notável sucesso, “Pra não dizer que não falei das flores”, 2º lugar no Festival Internacional da Canção em 1968. Logo após foi obrigado a se exilar no Chile para não ser preso pela Ditadura Militar.

Seguindo o estilo erudito, Vandré compôs um disco com alma e coração. Mas esteja preparado, pois “5 Anos de Canções” é um álbum extremamente melancólico, nada que assuste àqueles que já conhecem sua obra.

“Rosa Flor”, “Quem Quiser Encontrar o Amor” e a vencedora do 2º Festival Nacional da MPB, “Porta Estandarte”, são as que mais gosto,  porém o disco vale da primeira à última faixa.

Pra quem tem toca discos o vinil vale a pena. Tanto na internet, quanto nos sebos, é facilmente encontrado e custe entre R$10 e R$50. Mas também é possível baixa-lo na internet.

Para comprar tem aqui.

Para baixar tem aqui.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo