Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

A Une

Perguntas e Respostas

Como participar da UNE?

A UNE estrutura-se, basicamente, em três instâncias:

> O Coneb (Conselho Nacional de Entidades de Base), que reúne os DAs (Diretórios Acadêmicos) e CAs (Centros Acadêmicos) do Brasil;
> O Coneg (Conselho Nacional de Entidades Gerais), que agrega os DCEs (Diretórios Centrais de Estudantes) e executivas nacionais de cursos;
> O Conune (Congresso da UNE), formado entidades e estudantes que quiserem, de maneira livre, participar.

O Conune, que acontece a cada dois anos, é a maior instância do movimento estudantil brasileiro, espaço de escolha da nova diretoria da UNE e de rumos e ações da entidade.

Participar da UNE e do movimento estudantil também se dá por diversas formas. A principal é a própria colaboração em cada DA, DCE ou outra entidade representativa dos estudantes, debatendo problemas locais e propondo soluções. A UNE também realiza encontros nacionais temáticos, como o Encontro de Estudantes Negros e Cotistas e o Encontro de Mulheres.

Outra atividade é a Bienal de Arte e Cultura da UNE, que reúne milhares de estudantes a cada dois anos em mostras universitárias e convidadas de música, cinema, artes visuais, literatura, artes plásticas e artes cênicas. A UNE atua também em muitas universidades a partir do Cuca (Circuito Universitário de Cultura e Arte).

Como cadastrar, oficialmente, a minha entidade na UNE?

A UNE tem uma rede que conecta as entidades de todo o país às uniões estaduais e à representação nacional. Se algum DA, CA ou DCE não for ainda oficialmente cadastrado junto à UNE, poderá se registrar aqui no site da entidade.

Qual o orçamento da UNE? Como a UNE obtém e investe recursos?

Para custeio operacional e básico das suas ações, a UNE recolhe recursos da contribuição dos estudantes quando emitem suas carteirinhas de identificação estudantil na entidade. Além de garantir o direito à meia entrada dos estudantes, o documento permite à UNE custear sua sede, gastos administrativos básicos, pagamento de pessoal, advogados, jornalistas, pessoal de escritório e despesas afins.

Para a realização de projetos e eventos específicos como congressos, bienais, caravanas temáticas, publicações específicas, festivais e seminários, a entidade realiza convênios com poderes públicos federais, estaduais e municipais, empresas ou outras organizações do Brasil ou do exterior para apoio às ações.

Como são distribuídos os recursos da carteira estudantil?

Depois de pagar os custos do documento, como profissionais envolvidos, estrutura e gráficas necessárias para a confecção, o recurso restante é divido da seguinte forma: 30% aos CAsDAs cadastrados que requisitarem o repasse; 25% aos DCEs cadastrados que requisitarem o repasse; 25% às Uniões Estaduais de Estudantes cadastradas que requisitarem o repasse, e 20% para a UNE.

Qual é o formato das eleições na UNE e como se compõe sua diretoria?

As eleições na UNE são realizadas em duas etapas. Na primeira, de forma direta, os estudantes de cada universidade do país votam nas chapas de delegados que se apresentarem para o encontro. Durante esse processo, são realizados debates com os estudantes e as chapas trazem suas propostas e posicionamentos para todos os universitários.

Os delegados eleitos seguem então, com direito a voto, para o Congresso da UNE, onde decidem a segunda etapa da eleição de forma congressual, como acontece em outras entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Confederação Nacional dos Bispos (CNBB).

Durante o Congresso, as chapas se organizam em teses apresentadas, amplamente discutidas e, finalmente, eleitas na plenária final. Com os números da apuração, a diretoria da UNE é composta proporcionalmente pelos grupos que se candidataram, na medida exata dos votos que cada chapa obteve na votação. As chapas indicam, de acordo com esse resultado, um determinado número de nomes para serem os diretores da UNE.

Qual é a relação da UNE com governos e partidos políticos?

A UNE tem relação de total independência, seja política ou financeira, diante de qualquer governo ou partido. Na verdade, a UNE foi a principal força de resistência à ditadura que, por 20 anos, perseguiu, torturou e executou aqueles que queriam se organizar politicamente e expressar opiniões.

Por isso, obviamente, todos os partidos políticos e todas as ideologias são bem vindas dentro da UNE. Participam da entidade jovens filiados a diversas legendas, de todas as tendências, além de um número imenso de jovens sem filiação partidária.

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo