Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

CRIOLO, PITTY, CIDADE NEGRA, ALCEU, ARLINDO CRUZ: CONHEÇA OS SHOWS DA 9ª BIENAL

Chegou a hora! A União Nacional dos Estudantes apresenta a programação completa de sua 9ª Bienal de Arte e Cultura, que começa no próximo domingo (1) no Rio de Janeiro.

Ao todo, 12 mil estudantes de todo o país são esperados na Fundição Progresso para uma maratona de atividades culturais, debates, oficinas, mostras artísticas e científicas. A programação teve como norte contemplar a diversidade da arte brasileira, valorizar a identidade nacional e conectar produções estudantis de todas as regiões do país.

A mostra convidada de música reúne algumas das atrações mais esperadas: Criolo, Alceu Valença, Pitty, Cidade Negra e Arlindo Cruz fecharão as noites da Bienal com grandes shows ao ar livre no coração da Lapa.

O festival soma destaques nas áreas de artes cênicas, audiovisual, literatura e artes visuais. Os multiartistas da Intrépida Trupe (RJ) apresentam o espetáculo “Novos Ares” no dia 5 na Fundição Progresso, e o poeta paulistano Sérgio Vaz recria seu sarau da Cooperifa no mesmo dia e local. A programação conta com sessões de cinema, exposições, lançamentos de livros, cortejo cultural e carnaval.

Confira a íntegra do roteiro da 9ª Bienal da UNE aqui.

#VOZESDOBRASIL

Atenta aos elementos de formação do povo brasileiro, a atual edição da Bienal da UNE destaca o tema Vozes do Brasil, uma celebração da língua nacional com suas características, variações, misturas e possibilidades. O festival se propõe a expor a polifonia de vozes que marca a construção do país, da colonização aos dias de hoje, traduzindo a brasilidade num universo de modos de fala e escrita característicos de uma nação de cultura rica e população desigual.

DEBATES E PERSONAGENS

Entre os mais de 100 convidados da Bienal da UNE de 2015 estão o cartunista Ziraldo, os ministros Juca Ferreira (Cultura) e Miguel Rossetto (Secretaria Geral da Presidência), o publicitário Jéferson Monteiro (criador da página Dilma Bolada) e o dirigente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) João Pedro Stédile.

A Bienal se divide em seminários sobre temas como política e saúde, debates voltados ao tema desta edição, painéis sobre cultura, direitos humanos e comunicação.

ABERTURA

Os 70 anos da morte do poeta e escritor Mário de Andrade (1893-1945) serão mote para celebrar essa figura emblemática do modernismo nacional no espetáculo de abertura da Bienal da UNE. O evento começa às 17h de domingo no Circo Voador, com uma homenagem a Macunaíma, clássico anti-herói representante da diversidade cultural brasileira. O espetáculo contará com apresentação musical, instalações cenográficas, intervenções cênicas, leituras e cortejo.

MOSTRA UNIVERSITÁRIA

A Bienal da UNE é o grande encontro da produção universitária brasileira. O festival reúne mais de 200 manifestações nas áreas de música, artes cênicas, literatura, artes visuais, extensão, ciência e tecnologia, com jovens artistas e pesquisadores de todas as regiões do país. O festival funciona como um termômetro da produção atual dentro da universidade brasileira.

ACADEMIA E PERIFERIA

A Bienal da UNE é construída em conjunto com outras iniciativas culturais e sociais do Rio de Janeiro, com destaque para a cultura urbana e as ações comunitárias. Entre os destaques dessa edição estão a oficina do “Dream Team do Passinho”, rodas de funk e duelos de MCs. O chamado Lado C da Bienal promove o intercâmbio dos estudantes com iniciativas socioculturais da periferia do Rio de Janeiro e de outros espaços da cidade.

SOBRE A BIENAL

A Bienal da UNE já passou por Salvador (1999 e 2009); Recife e Olinda (2003, 2013); São Paulo (2005) e Rio de Janeiro (2001, 2007 e 2011). O festival tem como proposta valorizar a identidade nacional e conectar as produções juvenis do país, sendo um instrumento de mapeamento e difusão dessa produção. Apresenta também uma amostra qualificada do pensamento nacional, entre pesquisadores, artistas, ativistas e políticos em debates, shows, exposições e atos públicos.

Participaram da Bienal personalidades e artistas como Gilberto Gil, Oscar Niemeyer, Aleida Guevara (filha de Che Guevara), Ariano Suassuna, Augusto Boal, José Leite Lopes, Jorge Mautner, Alberto da Costa e Silva, Mino Carta, Serginho Groisman, Abdias do Nascimento, Ondjaki, Jards Macalé, Marcelo D2, Martinho da Vila, Racionais MCs, Beth Carvalho, Lenine, O Rappa, Tom Zé, Mr Catra e Naná Vasconcelos.

Confira a vinheta oficial da 9ª Bienal da UNE: http://goo.gl/wgKOnp

Da Redação

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo
Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/une/public_html/site/wp-includes/functions.php on line 3743