Pular para o conteúdo Pular para o Mapa do Site

MATO GROSSO ELEGE PRIMEIRA DIRETORIA DA UEE APÓS OITO ANOS

Cerca de 200 estudantes participaram do 3º Congresso da UEE-MT, que aconteceu neste último fim de semana (18 e 19/05), em Cuiabá. Reunidos na Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), os participantes organizaram grupos de debate sobre Reforma Universitária, Regulamentação das Universidades Privadas, Reestruturação da Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat), Reforma Política e o Sistema Único de Saúde (SUS).

Na ocasião, também foi eleita a nova diretoria da entidade, que fica à frente da entidade nos próximos dois anos. Os delegados da UEE são os mesmos que irão representar o Estado no 53º Congresso da UNE.

O estudante de direito Rarikan Heaven, 21 anos, foi eleito presidente. Para ele, que há seis anos milita no movimento estudantil, a sua experiência como presidente de DCE do Centro Universitário de Várzea Grande (Univag) pode ajudar nessa nova empreitada. “O DCE é uma entidade geral como a UEE, acho que o contato que já tive com a realidade das universidades pode me ajudar a coordenar a entidade e os atuais desafios”, destacou. Segundo Rarikan, o principal desafio da sua gestão é unificar o movimento estudantil no Mato Grosso. Após oito anos sem atuação, a entidade está sendo reorganizada.

A eleição para a diretoria da UEE teve uma chapa única, o que para ele já é um grande passo para essa unificação. “Pretendemos organizar muitos encontros com os DCEs, CAs, Atléticas para estar sempre em contato com as necessidades dos estudantes”, afirmou.

Sobre os próximos passos da entidade ele destacou a organização de uma grande delegação rumo ao 53º Congresso da UNE e aprovar na Assembléia Legislativa do Estado a Meia Passagem intermunicipal.

E quais as bandeiras que o Mato Grosso vai levar para o 53º Congresso da UNE? “Vamos pautar muito a regulamentação do ensino privado e a defesa do acompanhamento da execução do REUNI”, finalizou.

Da Redação

Pular para o Conteúdo Pular para o Topo